semana santa

Arqueólogos fazem descoberta que desmente antigo testamento da Bíblia

Por: HISTORY Brasil

Quando foi que os camelos domesticados chegaram a Israel? A pergunta parece irrelevante para muita gente. Mas, na visão de um grupo de arqueólogos israelenses da Universidade de Tel Aviv, a resposta pode conter a chave para demonstrar erros em alguns textos bíblicos.  Os pesquisadores utilizaram a datação com radiocarbono, desenvolvida na Universidade de Chicago nos anos 1940. Essa tecnologia determina a idade de um objeto, fenômeno natural ou uma série de eventos através da quantidade de carbono-14 detectada em vestígios. Com isso, a equipe pôde estimar o momento em que os camelos domesticados chegaram ao território que, atualmente, corresponde a Israel.  As conclusões indicam, com extrema precisão, que o fato ocorreu por volta de 900 antes de Cristo. O Antigo Testamento, entretanto, menciona a presença de camelos domesticados nas histórias de Abraão e Jacó, entre os anos 2.000 e 1.500 a.C. O estudo explica que esses dromedários cruzaram a península Arábica em 1.200 C, chegando até Israel séculos depois pelo vale de Arava, que se estende ao longo da fronteira de Israel com a Jordânia, do Mar Morto até o Mar Vermelho. Os arqueólogos acrescentaram aos resultados da investigação: “além de questionar a veracidade da Bíblia, esse anacronismo é prova concreta de que o texto religioso foi escrito muito depois dos acontecimentos que descreve”. O artigo realça ainda que “os vestígios encontrados de camelos nas camadas arqueológicas anteriores pertenciam a animais selvagens, que se encontravam na região do Levante sul desde o período Neolítico, ou até mesmo antes.”  

 
FONTES: IBT | Huffington Post

 



 

Imagem: Raul654 [GFDL or CC-BY-SA-3.0], via Wikimedia Commons