meio ambiente

Ataque das "perucas ambulantes"? Lagartas venenosas causam preocupação nos EUA

Uma criatura de aparência estranha está preocupando autoridades dos Estados Unidos. Devido ao visual peludo, seu nome popular em inglês é puss caterpillar (ou "lagarta bichano", em tradução livre). O problema é que elas são extremamente venenosas, apesar de seu visual "fofo".

Essa lagarta, cujo nome científico é Megalopyge opercularis, está se proliferando no Estado da Virgínia. Parecidas com pequenas "perucas ambulantes", seus pelos escondem cerdas que liberam poderosas toxinas. Quem tocar uma delas pode apresentar sintomas como inchaço localizado, vômito, dor intensa e febre. Em condições extremas, a exposição a doses altas de seu veneno pode ser até mesmo fatal.

De acordo com o Departamento Florestal da Virgínia (VDOF), há relatos de inúmeros avistamentos da lagarta na região, o que é inusitado. A presença da Megalopyge opercularis é mais comum na Flórida, no Missouri e no Texas. "Mantenha a #DistânciaSocial da lagarta! Se você encontrá-la, deixe-a em paz", diz um comunicado do órgão. 

Não se sabe ao certo por que essas lagartas apareceram na Virgínia. “Com as mudanças em nosso clima, estamos vendo algumas alterações nas populações de insetos. Mas é cedo para dizer. Lagartas, mariposas e borboletas têm períodos cíclicos, é tudo uma questão de momento certo e as condições certas", disse Theresa Dellinger, especialista em diagnósticos do Laboratório de Identificação de Insetos da Universidade Virginia Tech em entrevista à CNN.

Embora os especialistas esperem que os predadores naturais da lagarta ajudem a mantê-la sob controle, as autoridades devem intervir se o tamanho da população começar a ficar fora de controle. Ao se desenvolverem, essas exóticas lagartas peludas se transformam em mariposas igualmente peludas. 


Fontes: IFLScience e CNN

Imagens: Shutterstock.com e Departamento Florestal da Virgínia