NEUROCIÊNCIA

“Células do tempo”, que organizam a memória, são observadas pela primeira vez em humanos

Elas permitem ao cérebro ordenar os eventos de recordações em uma linha do tempo
Por: HISTORY Brasil

Estudos recentes detectaram pela primeira vez em humanos as chamadas “células do tempo”, ou seja, neurônios localizados no hipotálamo do cérebro que seriam responsáveis pela organização das lembranças. Anteriormente, elas só haviam sido observadas em ratos.

Organização no hipotálamo

Tudo parece indicar que essas células neuronais são ativadas com a finalidade de criar, coletar e recuperar recordações. Sua descoberta confirmaria que a memória episódica está relacionada com o contexto espacial e temporal e é responsável por nos ajudar a compreender as dimensões de espaço-tempo.



Assim, ficaria demonstrado que é preciso um “mecanismo celular” para representar a ordem na qual os acontecimentos ocorrem, organizando as lembranças no tempo. Para isso, os pesquisadores implantaram microeletrodos no cérebro de 27 pacientes com epilepsia. No experimento, eles pediram aos pacientes que lessem uma lista de 12 palavras durante 30 segundos, resolvessem um problema matemático e que depois tentassem recordar a maior quantidade de palavras possível da lista.



Como resultado, os cientistas concluíram que a ativação dessas células previu a eficácia com a qual os indivíduos conseguiram localizar as palavras juntas no tempo, dando lugar ao conceito de organização temporal. O estudo é um grande avanço na neurociência e poderia ajudar pessoas com danos neurológicos graves, como a epilepsia, explicaram os cientistas. 

VER MAIS:


Fonte: BBC 

Imagens: Shutterstock.com