Antigo Egito

Cientista investiga qual foi a real causa da morte de Cleópatra

Por: HISTORY Brasil

Joyce Tyldesley, egiptóloga do Museu de Manchester, questionou a versão mais difundida sobre a morte enigmática da última rainha do Egito – em que ela se suicidou ao ser mordida. voluntariamente, por uma cobra, que estaria escondida em uma cesta de figos.

[VEJA TAMBÉM: 5 fatos sobre Cleópatra que você precisa saber]



Tyldesley consultou um especialista em serpentes e chegou à conclusão que é bastante improvável que Cleópatra tenha morrido por causa de uma picada de cobra: a serpente seria muito grande para ficar escondida entre os figos e, depois, desaparecer. Além disso, as mordidas de cobra não são tão mortais como se acredita, por isso, se ela tivesse sido morta por esse animal, teria sofrido uma longa e dolorosa agonia.

A especialista e autora do ensaio “Cleópatra, a última rainha do Egito” afirma que é possível que Cleópatra tenha optado por um método de suicídio mais tradicional e eficaz, como uma faca ou talvez a ingestão de um veneno.

Essa e outras interrogações poderão ser resolvidas se algum dia a sepultura da última rainha do Egito for encontrada, embora alguns antropólogos dedicados ao estudo do Antigo Egito temam que seu cadáver tenha sido incinerado.




Fonte: El Mundo

Imagem: Obra de Alexandre Cabanel [Domínio Público], via Wikimedia Commons