MUNDO DESCONHECIDO

Cientistas conseguem filmar o "monstro negro" do mar pela primeira vez

Por: HISTORY Brasil

Peixe-diabo negro, monstro do mar, um dos vilões do filme Procurando Nemo... Existem muitas formas de nomear o peixe abissal Melanocetus johnsonii, mas, até agora, não existiam imagens que honrassem sua fama de criatura submarina aterrorizante.

Essa foi a primeira vez que filmamos esse peixe em seu habitat-Bruce Robinson
Até agora, já que um grupo de cientistas do Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey (na Califórnia, EUA) desenvolveu um robô submarino que permitiu o registro dessas imagens impactantes – não há fama, no céu, na terra ou debaixo d’água que permaneça oculta às câmeras. Este espécime solitário foi encontrado a 580 metros de profundidade na Baía de Monterey. “Essa foi a primeira vez que filmamos esse peixe em seu habitat”, explicou Bruce Robinson, pesquisador que lidera os trabalhos com o robô submarino chamado Doc Ricketts, já que o monstro negro do mar, além de ser assustador, mostrou ser bastante arisco.



Como é possível observar nas imagens, o peixe-diabo negro utiliza uma antena luminosa para atrair suas presas, que são guiadas por bactérias bioluminosas até suas mandíbulas repletas de dentes afiados. As fêmeas dessa espécie podem chegar a medir 20 cm; o macho é 10 vezes menor e não pode sobreviver por si só, por isso se acopla às suas companheiras como um parasita.

Assista abaixo o impressionante vídeo desta criatura:



Fonte e imagens: ABC e La Voz