MARTE

Descoberta incrível em Marte: encontrado reservatório de água congelada praticamente pura

Uma nova pesquisa científica revelou a existência de uma reserva de gelo a uma pequena profundidade de escavação em Marte. De acordo com o estudo, publicado na revista Icarus, a reserva é formada por água praticamente pura e foi produzida nos últimos milhões de anos. Esses reservatório pode conter potencialmente as maiores concentrações de água congelada de qualquer região não polar no hemisfério sul marciano, segundo os pesquisadores do Planetary Science Institute (PSI).

Um dos principais resultados da pesquisa foi um mapeamento em nível planetário das características de fluxo viscoso (VFF). Trata-se de uma aglomeração geral de características de fluxo ricas em gelo, na metade sul do planeta vermelho, na qual pode-se observar uma aglutinação concentrada de uma cadeia montanhosa denominada Montes Nereidum. Daniel C. Berman, pesquisador principal do Planetary Science Institute e responsável pelo novo estudo, destacou que a região mapeada seria “um local interessante de aterrissagem devido à grande quantidade de gelo que poderia ser usado como fonte de água”.



No passado, Marte já foi um planeta mais quente e úmido, com água fluindo pela superfície. Para sobreviver lá, os futuros colonizadores precisarão de oxigênio para respirar e de combustíveis como o gás hidrogênio para alimentar seus equipamentos. Qualquer água que encontrarem no Planeta Vermelho será valiosa. No mês passado, cientistas anunciaram que estão desenvolvendo um sistema para produzir combustível e oxigênio com água salgada marciana.

Recentemente, a Agência Espacial Europeia (ESA) detectou três lagos na região polar de Marte. De acordo com os cientistas, os reservatórios contêm água líquida escondida sob uma camada de gelo. Em 2018, o equipamento de radar da sonda já havia detectado um reservatório subterrâneo localizado a cerca de 1,5 km abaixo do gelo. 




Fonte: CNET

Imagens: Shutterstock.com