Dinossauros

Dinossauro gigante encontrado na Argentina pode ter sido o maior animal da face da Terra

Por: HISTORY Brasil

Um dinossauro cujos fósseis foram encontrados na Argentina pode ter sido o maior animal que já caminhou sobre a Terra. Os pesquisadores acreditam que os restos mortais pertençam a um titanossauro, um grupo diversificado de saurópodes com pescoço e cauda longos. O gigante viveu há cerca de 98 milhões de anos. 

Parte do fóssil foi encontrada na província de Neuquén, na Patagônia, em 2012, mas os pesquisadores ainda não terminaram os trabalhos de escavação. Até agora foram encontradas 24 vértebras da cauda, além de elementos da cintura pélvica e do peitoral. "É um dinossauro enorme, mas esperamos encontrar muito mais do esqueleto em futuras pesquisas de campo", disse Alejandro Otero, paleontólogo do Museu de La da Plata, em entrevista à CNN.



A pesquisa sobre o animal foi publicada na revista Cretaceous Research. Os cientistas acreditam que a criatura seja "um dos maiores saurópodes já encontrados", sendo ainda maior do que um patagotitano, detentor do recorde anterior. Anteriormente, pesquisadores encontraram um fóssil de um exemplar da espécie (que viveu na mesma época e região) medindo 37,2 metros de comprimento e que pesava aproximadamente 69 toneladas.

Fósseis de titanossauros já foram encontrados em todos os continentes, exceto na Antártida. Mas os restos mortais dos maiores exemplares, incluindo espécimes com mais de 40 toneladas, foram descobertos principalmente na Patagônia.




Fontes: CNN e Live Science

Imagens: Alejandro Otero e Gabriel Lio (ilustração)/Conicet/Divulgação