Dinossauros

Dinossauros mais velhos do mundo foram encontrados no Rio Grande do Sul

Animais pré-históricos habitaram a região há cerca de 233,2 milhões de anos
Por: HISTORY Brasil

O Livro Guinness dos Recordes reconheceu que os dinossauros mais antigos do mundo foram encontrados no Rio Grande do Sul. A publicação fez o registro com base em fósseis descobertos na Formação de Santa Maria. Os animais pré-históricos habitaram a região há milhões de anos.

Dinossauros gaúchos

Segundo o Guinness, apesar de não ser possível apontar com precisão a idade exata de fósseis de animais que viveram há tanto tempo, as rochas onde eles foram encontrados podem ser datadas. Testes feitos por meio do decaimento dos átomos de elementos químicos permitiram concluir que as rochas têm aproximadamente 233,2 milhões de anos. Isso equivale à idade ladiniana do final do período Triássico.



O pedido de reconhecimento pelo Guinness foi enviado pelo divulgador Ciro Furtado Cabreira, aliado a um grupo de pesquisadores da área.  Entre os dinossauros escavados na Formação Santa Maria, encontram-se espécies como Saturnalia tupiniquim, Nhandumirim waldsangae, Buriolestes schultzi, Pampadromaeus barberenai, Bagualosaurus agudoensis, Gnathovorax cabreirai e Staurikosaurus pricei. Todos eram bípedes herbívoros relativamente pequenos, conhecidos como sauropodomorfos, que mais tarde dariam origem aos saurópodes gigantes (exceto o Buriolestes,Staurikosaurus  e o Gnathovorax , que eram carnívoros). 

Os municípios gaúchos com os principais registros dos dinossauros mais antigos do mundo são Santa Maria, São João do Polêsine e Agudo. As primeiras descobertas de dinossauros nestas rochas foram publicadas em 1999.  Mais recentemente, uma série de novos achados têm sido realizados pelo Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Quarta Colônia, da Universidade Federal de Santa Maria (Cappa/UFSM).



VER MAIS


Fontes: Gaúcha ZH, UOL e UFSM

Imagens: UFSM/Divulgação