religiões

Erro de tradução teria levado a equívoco sobre virgindade de Maria [VÍDEO]

Por: HISTORY Brasil

Umas das verdades mais incontestáveis entre os cristãos, a concepção de Jesus a partir de uma virgem, gera fortes discussões entre os estudiosos da Bíblia.

Segundo a professora de religiões antigas da Universidade de Exeter, a PhD Francesca Stavrakopoulou, um erro de tradução teria levado a um equívoco de interpretação a respeito deste dado chave sobre o nascimento de Jesus.

 



No texto original em hebraico (Isaías, capítulo 7:14), a palavra usada para se referir à Maria é “Almah”, que ao pé da letra significa uma jovem que chegou à idade de se casar. Mas a tradução para o grego alterou o sentido para “virgem”. “Os cristãos dizem que Jesus nasceu de uma virgem, mas a palavra usada no texto em hebraico para se referir a essa jovem é “Almah”, que, basicamente, significa uma jovem que chegou à idade de se casar”, interpretou Stavrakopoulou.

 

[VEJA TAMBÉM: Mito de Jesus: conheça outros deuses que têm uma história parecida com a de Cristo]



 

O novo significado foi propagado nos evangelhos de Mateus e Lucas e a ideia de que Jesus teria nascido de uma virgem ganhou o mundo em uma cultura religiosa misógina. “Foi uma espécie de lampejo e disseram que foi um milagre. A mãe era virgem, aí nasceu uma tradução diferente”, atestou a professora de religião da Universidade de Princeton, a Phd Elaine Pangels.

 

Entenda melhor os possíveis erros nas interpretações do nascimento de Jesus Cristo no vídeo abaixo

 


Imagem: Andrea Solari [Public domain or Public domain], via Wikimedia Commons