AVIÕES

Especialista levanta nova hipótese sobre desaparecimento do avião da Malaysian Airlines [VÍDEO]

Por: HISTORY Brasil

Já se passaram oito meses do desaparecimento chocante e misterioso do voo MH379 da Malaysian Airlines, e as investigações oficiais ainda não chegaram a uma resposta definitiva sobre o ocorrido – nem uma única parte do avião ou indício de seu paradeiro foram encontrados. Em vista disso, muitos pesquisadores e especialistas das mais diversas áreas começaram a seguir suas próprias pistas para tentar descobrir a solução desse trágico mistério, que tirou a vida das 239 pessoas que estavam a bordo.

Michael Esner, especialista em telecomunicações, publicou uma hipótese segundo a qual o responsável pelo desaparecimento do avião teria sido um hacker de talento extraordinário. Ele descarta que o capitão do voo tenha sido o sequestrador, já que um dos sistemas de comunicação que foram desligados durante o voo só pode ser desativado pelo porão E/E Bay do Boeing 777, e não pela cabine do piloto. Esta hipótese também foi sustentada pelo pesquisador independente Jeff Wise, que diz que os pilotos não são treinados para utilizar esse sistema de comunicação por satélite.



E quem poderia tê-lo feito então? Alguém que tenha encontrado um interruptor do circuito escondido no porão, ou um hacker que tenha conseguido acessar o sistema do Boeing. Dessa forma, toda a comunicação do avião teria desligado 40 minutos depois da decolagem do aeroporto Kuala Lumpur. Foi quando o voo MH370 desviou de sua trajetória e desapareceu de todos os controles de tráfego aéreo. A análise propõe um novo caminho de investigação, que poderá ajudar a desvendar um dos maiores mistérios do século.

Assista ao excelente vídeo abaixo sobre segurança nos aviões:



Fonte e imagens: IB Times, News e Express