astronomia

Estudante descobre nova lua na órbita de Júpiter durante as férias

Trata-se do primeiro satélite natural planetário a ser identificado por alguém de fora do campo da astronomia profissional
Por: HISTORY Brasil

Pela primeira vez, uma lua planetária foi descoberta por alguém de fora do campo da astronomia profissional. Kai Ly, estudante, identificou o satélite natural na órbita de Júpiter durante suas férias escolares. O achado foi comunicado ao Minor Planet Center, organismo independente do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, dos Estados Unidos, para que seja oficializado.

Lua descoberta de forma amadora

A nova lua foi descoberta enquanto Kai Ly, que pratica astronomia de forma amadora, analisava imagens fornecidas pelo Telescópio Canadá-França-Havaí, em 2003.  As observações permitiram identificar um satélite natural previamente desconhecido do grupo Carme, formado por outras 22 pequenas luas que orbitam ao redor de Júpiter. 



A lua recebeu provisoriamente o nome de EJc0061, e, segundo estimam os astrônomos, pode se tratar de um fragmento desprendido da lua Carme, uma das 78 luas que orbitam ao redor do planeta. Com  a descoberta, hoje são conhecidas 80 luas em Júpiter.



Mesmo tendo orgulho do achado, Ly afirmou que a descoberta vem de um simples hobby de verão. Na verdade, não é sua primeira façanha: no fim de 2020, ao analisar imagens disponíveis online, Ly redescobriu quatro luas de Júpiter consideradas “perdidas” .

VER MAIS


Fonte: Space.com

Imagens: iStock.com e NASA/Reprodução