PALEONTOLOGIA

Fósseis de animal mais antigo do mundo podem ter sido encontrados no Canadá

Pesquisa controversa afirma que criatura viveu há cerca de 890 milhões de anos
Por: HISTORY Brasil

Até hoje, a ciência considerava que os primeiros animais surgiram há cerca de 540 milhões de anos, durante o período Cambriano. No entanto, uma nova descoberta, no Canadá, encontrou restos fósseis supostamente 350 milhões de anos mais velhos, o que representaria o exemplo mais antigo de vida animal já identificado.

Animais mais antigos do mundo?

Segundo o estudo, publicado na revista científica Nature, os restos fósseis encontrados teriam 890 milhões de anos e pertenceriam a um tipo de esponja. A descoberta abriu um intenso debate entre os paleontólogos sobre a data em que ocorreu a primeira evolução de vida animal complexa.



A esse respeito, Elizabeth Turner, autora do estudo e geóloga sedimentar da Laurentian University, no Canadá, disse: “Se estou certa, os animais surgiram muito antes do aparecimento dos fósseis tradicionais. Isso significaria que há uma longa história de animais que simplesmente não foram muito bem preservados".

Muitos cientistas duvidam da correspondência entre os restos fósseis encontrados por Turner e as esponjas. Alguns especialistas até acreditam que podem não ser verdadeiros restos fósseis, mas cristais que foram formados com desenhos semelhantes aos padrões feitos por organismos vivos.



VER MAIS


Fontes: Infobae e Science Magazine

Imagens: iStock e Elizabeth Turner/Laurentian University/Reprodução