chernobyl

Gado de Chernobyl surpreende cientistas ao apresentar comportamento selvagem

Um grupo de pesquisadores da Reserva da Biosfera e Radiação de Chernobyl, na Ucrânia, observou um comportamento atípico no gado abandonado no local conhecido como zona de exclusão. Essa região permanece completamente desabitada após a explosão da usina nuclear de 1986. Os bois e vacas que vivem lá se organizaram em rebanhos e se comportam de forma muito diferente dos animais domesticados.



Segundo os pesquisadores, os animais adotaram um comportamento similar ao de animais selvagens. Eles se uniram em grupos organizados, mantendo uma hierarquia rígida, protegendo seus bezerros da melhor maneira possível. Além disso, o gado se adaptou perfeitamente às condições climáticas da região.

Os pesquisadores observaram que os bezerros tendem a escolher o lugar mais seguro no rebanho, se adaptando bem ao frio. O touro que representa o papel de macho alfa é mais velho e forte. Ele não expulsa os machos jovens, mas os mantém em um grupo para protegê-los de predadores, contanto que eles não tentem tomar seu lugar como líder.

Esse rebanho apareceu pela primeira vez há alguns anos, após a morte de seus ex-proprietários na aldeia de Lubyanka. Desde 2017, os pesquisadores estudam esses animais. As observações ajudam a entender como funciona o processo de domesticação da fauna silvestre e seu impacto na natureza.




 Fonte: Clarín

Imagens: Shutterstock.com