DOENÇAS

Garota nos EUA morre por causa da "ameba comedora de cérebros”

Por: HISTORY Brasil

Lauren Seitz, de 18 anos, morreu recentemente de uma infecção causada pela ameba Naegleria fowleri, também conhecida como “ameba comedora de cérebros”.

A jovem, que fazia uma viagem religiosa pela Carolina do Norte, nos EUA, foi infectada quando o barco em que navegava junto com outros adeptos da sua congregação virou no National Whitewater Center, em Charlotte. O Departamento de Saúde e Serviços Humanos da Carolina do Norte confirmou sua morte.

Apesar de a Naegleria fowleri viver em vários rios e lagos de água doce, desde 1962, só foram relatados 138 casos de pessoas infectadas pelo parasita em território norte-americano.

A ameba entra no corpo pelo nariz, de onde migra para o cérebro, causando uma Meningoencefalite Amebiana Primária, que destrói o tecido cerebral.

Os primeiros sintomas se manifestam cinco dias após a infecção e incluem náuseas, vômitos e dor de cabeça. Uma vez iniciado o processo sintomático, a doença evolui rapidamente, provocando a morte da vítima em menos de uma semana.


Fonte: The Guardian



Imagem: CDC.gov/Domínio Público via Wikimedia Commons