ARQUEOLOGIA

Gigantesca máscara de bronze de 3 mil anos é descoberta por arqueólogos na China

O artefato possivelmente foi usado em alguma espécie de ritual de sacrifício
Por: HISTORY Brasil

Arqueólogos encontraram uma gigantesca máscara de bronze durante escavações na província de Sichuan, na China. Os pesquisadores acreditam que o artefato pode ter mais de três mil anos. A peça impressiona por estar muito bem preservada.

Poços usados para sacrifícios

A máscara foi encontrada em um poço funerário no sítio arqueológico de Sanxingdui. A peça mede aproximadamente 136 cm de largura por 75 cm de altura. "Ela pode ser considerada a maior máscara de bronze descoberta em Sanxingdui e possivelmente a maior das dinastias Shang (1600-1100 a.C.) e Zhou (1100-221 a.C.)", disse o arqueólogo Xu Feihong.




Artefatos encontrados anteriormente na região

Segundo Xu, a máscara foi descoberta junto com muitas outras relíquias culturais como marfins e utensílios de bronze. Desde que as escavações arqueológicas começaram em Sanxingdui, já foram encontrados aproximadamente 10 mil artefatos em poços que possivelmente eram usados para fazer sacrifícios. Recentemente, pesquisadores anunciaram a descoberta de uma máscara de ouro no local.

O sítio arqueológico de Sanxingdui está situado onde no passado ficava a capital do estado de Shu. Descoberto na década de 1920, o local é uma das maiores fontes de tesouros históricos da China. Alguns dos artefatos mais antigos encontrados por lá datam dos séculos XII e XI a.C.



VER MAIS


Fonte: CGTN

Imagens:  CCTV; Nishanshaman e momo, via Wikimedia Commons