RELIGIÃO

Golias era mesmo gigante? Estudo tenta desvendar mistério da altura do guerreiro bíblico

Por: HISTORY Brasil

De acordo com a Bíblia, antes de ter sido rei de Judá e Israel, Davi derrotou o gigante Golias ao acertá-lo com uma pedra lançada por um estilingue. No Antigo Testamento, esse guerreiro é descrito como uma criatura que poderia ter mais de três metros de altura. Agora, um novo estudo tenta desvendar a origem das medidas descomunais atribuídas ao filisteu.

O estudo é conduzido por Jeffrey Chadwick, professor de arqueologia da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos. Em primeiro lugar, o especialista esclarece que a pesquisa não leva em consideração se o duelo relatado na Bíblia realmente aconteceu. "Não estamos tentando fazer um tratado sobre a veracidade da história", afirmou. "A questão é a métrica: de onde ela vem, onde poderia ter surgido?", questionou.



Alguns textos antigos dizem que Golias tinha "quatro côvados e um palmo" (2,38 m), enquanto outros afirmam que sua altura chegava a "seis côvados e um palmo", uma medida equivalente a cerca de 3,46 m, o que parece ser um evidente exagero. A pessoa mais alta registrada nos tempos modernos foi Robert Wadlow, que media 2,72 m, de acordo com o Guinness World Records.

O problema é que unidades de medida como "côvados" e "palmos" provavelmente variavam muito no mundo antigo. Chadwick tem estudado as métricas que eram usadas no passado na região bíblica onde Golias teria vivido. Sua pesquisa indica que um "côvado" representava 54 centímetros, enquanto um palmo equivaleria a 22 cm. 

Chadwick e sua equipe recentemente encontraram a parede de uma fortificação na parte norte da cidade baixa de Gate, local onde o gigante teria sido criado. A muralha foi construída no século 10 a.C. "As fundações da parede de pedra mediam exatamente 2,38 m (quatro côvados e um palmo) de largura. Essa é a mesma altura atribuída a Golias em certos textos.



Assim, Chadwick sugere que os escritores bíblicos podem ter usado a largura da muralha norte da cidade de Gate como referência do tamanho avantajado de Golias, a única pessoa cuja altura precisa está registrada na Bíblia. O pesquisador acredita que quem escreveu o texto comparou metaforicamente as dimensões do gigante com a muralha que cercava a capital dos filisteus.


Fonte: Live Science

Imagem: Gebhard Fugel (1863–1939), via Wikimedia Commons