mistério

Grande eclipse bíblico pode redefinir a história do Egito

Por: HISTORY Brasil

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, analisaram uma passagem bíblica e um antigo texto egípcio para estabelecer a data que teria ocorrido o primeiro eclipse solar registrado pela história escrita.

Vídeo relacionado:

Durante a pesquisa, os especialistas conseguiram determinar as datas em que alguns faraós do Antigo Egito governaram, especialmente Ramsés II. Se os resultados forem confirmados pelos cientistas, então os cálculos da Egiptologia teriam que ser refeitos.

De acordo com o Antigo Testamento, no livro de Josué, quando o povo de Israel se mudou para Canaã, atual território palestino-israelense, o profeta orou: “Sol, fique quieto em Gibeão; e Lua, no Vale de Ayalon. E o Sol ficou quieto, e a Lua ficou quieta, até que o povo se vingasse dos seus inimigos”.

Um dos autores do estudo, Colin Humphreys, afirma que “se essas palavras descrevem uma observação real”, então nesse exato momento teria ocorrido “um grande evento astronômico”.

Embora as traduções modernas interpretem que o Sol e a Lua “ficaram quietos”, uma análise do texto original, escrita em hebraico, poderia abrir espaço para uma reinterpretação da palavra traduzida como “ficar quieto”. Uma possível interpretação é a de que os dois astros “deixaram de brilhar”, explica Humphreys.

Desse modo, o fenômeno descrito na Bíblia poderia ser simplesmente o primeiro eclipse solar registrado pela história escrita. Essa reinterpretação do termo “ficar quieto” está respaldada por outra expressão babilônica que aparece em textos antigos para descrever eclipses.


Fonte: RT 
Imagem: Shutterstock