PIRÁMIDES

Hellinikon: os mistérios da pirâmide construída pelos antigos gregos

Pesquisadores ainda não têm certeza sobre a finalidade dessa estranha obra milenar
Por: HISTORY Brasil

A misteriosa pirâmide de Hellinikon é uma das poucas estruturas desse tipo bem preservadas na Grécia. Situada no sudeste da planície de Argolis, nas proximidades das nascentes do rio Erasinos, a construção intriga pesquisadores. Até hoje arqueólogos não têm certeza sobre a finalidade dessa estranha obra milenar.

O mistério da pirâmide grega

Segundo os pesquisadores, há diversas estruturas piramidais no sul da Grécia, mas nenhuma é tão bem conservada quanto a de Hellinikon. Embora essas pirâmides sejam muito distintas das construções típicas da arquitetura da Grécia Antiga, a menção a elas na antiguidade clássica é escassa. O único texto a citar dois desses monumentos é de autoria do geógrafo Pausânias (110-180 DC).



A pirâmide de Helllinikon chama atenção por ser muito menor do que as estruturas do tipo que existem no Egito. As dimensões da base do edifício retangular medem 7,03 metros por 9,07 metros. Já as paredes externas elevam-se em um ângulo de 60 graus até 3,5 metros.


Interior da pirâmide



Estudos arqueológicos sugerem que a pirâmide de Helllinikon foi construída por volta do ano de 2700 a.C., mas não há consenso a esse respeito. Ao longo dos anos, surgiram teorias que tentaram estabelecer uma conexão entre as pirâmides da Grécia e do Egito, sugerindo que as estruturas gregas poderiam ter servido de fortalezas para mercenários egípcios. Mas essas hipóteses carecem de credibilidade e evidências.


Vista do interior da pirâmide

Em 2011, um estudo assinado pelo arqueólogo Efstratios Theodosiou, da Universidade Nacional e Kapodistrian de Atenas, analisou as possíveis funções da pirâmide de Hellinikon. Segundo a pesquisa, além de ter sido usada possivelmente como um monumento funerário ou fortaleza, a estrutura também poderia ter servido para observações astronômicas. O estudo sugere ainda que a estrutura foi construída pelos Dryopes, antiga tribo pré-helênica (período anterior à civilização grega clássica).

VER MAIS


Fontes: Heritage Daily, Eternal Greece e Universidade de Harvard

Imagens: iStock. com e Egerváry Gergely, via Wikimedia Commons