ESTADOS UNIDOS

Invasão ao Capitólio por cidadãos dos EUA não tem precedentes, dizem historiadores

Por: HISTORY Brasil

O ataque ao Capitólio que aconteceu na quarta-feira (06/01) não tem precedentes na história. De acordo com pesquisadores, cidadãos dos EUA nunca haviam invadido a sede do Congresso do país. O único evento similar havia acontecido em 1814, durante a Guerra Anglo-Americana.

No conflito ocorrido no século XIX, tropas invasoras britânicas atearam fogo em marcos de Washington, como o Capitólio e a Mansão do Presidente. Mas diferentemente do que houve agora, aquele foi um ataque estrangeiro. No incidente atual, centenas de apoiadores do presidente Donald Trump invadiram o local durante a sessão em que os congressistas confirmariam oficialmente a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais.



“Obviamente, há uma longa história de protestos em Washington, e isso é algo protegido pela Primeira Emenda, o direito de se reunir pacificamente”, disse o historiador Andrew Rudalevige, chefe do departamento de estudos jurídicos e governamentais da Universidade Bowdoin, no Maine. “Mas obviamente nunca houve turbas armadas com bandeiras confederadas invadindo o Capitólio”, completou.

Outro evento que poderia ter acabado de forma parecida aconteceu em 1877. Segundo historiadores, no início da Guerra Civil, depois que o Congresso se reuniu para resolver uma disputada eleição presidencial entre o republicano Rutherford B. Hayes e o democrata Samuel J. Tilden, houve uma ameaça de revolta. De forma semelhante a Trump e seus aliados, Tilden e alguns apoiadores reclamaram que haviam sido derrotados porque as eleições teriam sido fraudadas. Eles ameaçaram enviar uma multidão armada para Washington, mas o presidente Ulysses S. Grant reforçou a presença militar e a invasão nunca aconteceu.


Fontes: Press Herald e Las Vegas Sun



Imagem: Alex Gakos / Shutterstock.com