JERUSALÉM

"Lâmpada da sorte" de 2 mil anos relacionada a Pôncio Pilatos é encontrada em Jerusalém

O artefato de bronze tem o formato da metade de um rosto com feições grotescas
Por: HISTORY Brasil

Arqueólogos encontraram uma "lâmpada da sorte" de dois mil anos nas ruínas de uma edificação romana em Jerusalém, em Israel. A estrutura ficava localizada na Estrada da Peregrinação, construída durante a administração de Pôncio Pilatos, governador que julgou Jesus Cristo, segundo a Bíblia. Segundo os pesquisadores, o artefato é uma peça única na história da cidade.

Estrada construída por Pilatos

O artefato de bronze tem o formato da metade de um rosto com feições grotescas. Os especialistas acreditam que o objeto era uma espécie de amuleto. “É uma lâmpada que poderia ter sido usada para iluminar, mas é muito mais do que isso. Ela foi enterrada nas fundações do edifício para dar sorte e proteção à estrutura e às pessoas que a utilizaram”, disseram os arqueólogos da Autoridade de Antiguidades de Israel.



Segundo o arqueólogo Yuval Baruch, trata-se de um objeto muito raro. "É o primeiro desse tipo a ser descoberto em Jerusalém", afirmou. “O rosto retratado na lâmpada é grotesco e parece semelhante a uma máscara de teatro, que era um tema comum na cultura greco-romana”, completou o arqueólogo Ari Levy.

A Estrada da Peregrinação era usada pelos antigos judeus que se dirigiam ao Monte do Templo. Ela foi contruída por Pôncio Pilatos por volta de 30 d.C. A via foi utilizada até o ano 70 d.C, quando o Segundo Templo foi destruído.


Fonte: The Jerusalem Post



Imagem: Koby Harati/Cidade de Davi/Autoridade de Antiguidades de Israel/Reprodução