NEONAZISMO

Memorial em homenagem a Anne Frank é vandalizado com suásticas nos EUA

Um memorial em homenagem à adolescente judia Anne Frank, morta pelos nazistas em um campo de concentração, foi vandalizado nos Estados Unidos. O caso aconteceu na cidade de Boise, em Idaho. Adesivos com suásticas foram colados em uma estátua da jovem e em outros monumentos.

O Centro Wassmuth para os Direitos Humanos é o único local dos EUA que abriga um memorial para Anne Frank. Lá existe uma estátua de bronze em tamanho real de Frank, que mostra a jovem segurando seu diário e espiando pela janela do esconderijo em que ela e sua família passaram 761 dias antes de serem encontrados pelos nazistas e enviados para campos de concentração em 1944. Além desse, outro monumento vandalizado representa a "espiral da injustiça".

Os adesivos colados nos monumentos estampavam uma suástica e a frase "estamos em toda parte". Outro adesivo foi colado sobre uma foto de Bill Wassmuth, que dá nome à entidade vandalizada. Ele era um padre católico que deixou o sacerdócio e ficou conhecido por denunciar supremacistas brancos e neonazistas.

Dan Prinzig, diretor da entidade, classificou o ato de vandalismo como "uma punhalada no coração". A polícia está investigando o caso. Não é a primeira vez que o local é alvo de ataques parecidos. Em 2017, as paredes do prédio foram pichadas com mensagens racistas. 


Fontes: USA Today e New York Post

Imagens: Centro Wassmuth para os Direitos Humanos/Reprodução