Marco Cozzi

Mesmo removido do pódio na corrida 2, Cozzi é vice-líder do Brasileiro de Turismo

Por: HISTORY Brasil

Controvérsia no método de cronometragem do pit-stop mancha etapa da categoria de acesso à Stock Car com múltiplas punições

 

Mais uma vez o resultado da pista não foi o resultado dos pontos no Campeonato Brasileiro de Turismo. A segunda bateria da segunda etapa no Velopark terminou com Marco Cozzi em segundo lugar. Mas o piloto History foi punido com 20s –ele e mais sete, de 11 competidores que terminaram a prova– por exceder o tempo mínimo de passagem obrigatória pelo box. Oficialmente o carro #23 foi declarado quarto colocado na prova.

 



Com o resultado, Cozzi foi a 52 pontos no campeonato e é o vice-líder.

 

“Fico contente pela velocidade que o carro mostrou hoje e agradeço mais uma vez aos mecânicos e engenheiros da C2. É triste perder um pódio por decisão fora da pista e muito esquisito que 70% do grid tenha ‘queimado’ o tempo de box. Mas vamos levantar a cabeça e partir para a próxima, pois a situação no campeonato não é ruim”, observou o piloto History.



 

Guilherme Ferro, chefe da equipe, após a prova argumentou que o time usaria as imagens da câmera onboard do carro #23 para provar que o tempo de box foi superior aos 50s mandatórios (no relatório de cronometragem consta 49s3).

 

Controvérsia à parte, Cozzi novamente fez seu papel na pista. Saltou de quarto para terceiro na largada e depois superou outro concorrente na curva 1.

 

Era segundo colocado quando entrou no box e retornou à posição depois do fim da janela de parada obrigatória.

 

A próxima etapa do Brasileiro de Turismo acontece em Goiânia nos dias 21 e 22 de maio. 

 

Brasileiro de Turismo – Velopark 2 (top5):

  1. Lukas Moraes
  2. Gustavo Frigotto
  3. Gabriel Robe
  4. Marco Cozzi
  5. Felipe Donato

 

Classificação após duas etapas (top5):

  1. Gabriel Robe 53 pontos
  2. Marco Cozzi 52
  3. Edson Coelho 52
  4. Lukas Moraes 51
  5. Gustavo Myasava 49

 


 

Texto: Luis Ferrari | Foto: André Santos