CURIOSIDADES

Mulher encontra pedaço de vômito de baleia avaliado em R$ 1,5 milhão na Tailândia

Por: HISTORY Brasil

Siriporn Niamrin é uma mulher tailandesa que tropeçou em uma fortuna de aproximadamente R$ 1,5 milhão enquanto passeava pela praia. O fato aconteceu na província de Nakhon Si Thammarat, na Tailândia, quando, durante uma caminhada pela beira-mar, a mulher observou uma estranha massa que havia sido arrastada pela água.

Após inspecionar o objeto e perguntar a alguns vizinhos, ela soube que o que tinha em mãos era nada mais, nada menos que vômito de baleia. A substância, conhecida como âmbar cinza, é cobiçada pela indústria cosmética. Isso porque o material é utilizado como matéria-prima para a fabricação de perfumes.



Segundo especialistas, a peça de vômito de baleia, que pesa aproximadamente 7 quilos, está avaliada em quase 260 mil dólares (cerca de R$ 1,5 milhão) . O âmbar cinza é produzido pelas baleias cachalotes, que produzem secreções gastrointestinais para facilitar a ingestão de alimentos muito grandes ou duros e afiados, que poderiam danificar seu aparelho digestivo.



Mesmo que, a princípio, o vômito de cachalote cheire mal, à medida que a substância seca, gera uma fragrância doce e persistente, que resulta em um ingrediente muito apreciado pela indústria da perfumaria. Em alguns casos, o âmbar cinza é mais caro que o ouro.


Fonte:  The Sun

Imagem: Shutterstock.com