NASA

NASA finalmente detecta planetas que vagam à deriva pelo espaço

Por: HISTORY Brasil

Chamado de "órfãos", eles são raros e podem ser vistos a 20 mil anos-luz de nós! 

Vídeo relacionado:
Embora a ciência já suspeitasse de sua existência, finalmente os planetas flutuantes, conhecidos também como planetas órfãos ou planetas interestelares, foram oficialmente encontrados, segundo declarações de Mario Pérez, especialista do programa de exoplanetas da NASA. Pérez afirmou que a descoberta será muito importante para poder explicar modelos de formação planetária e evolução.

A pesquisa que levou a essa conclusão ocorreu por meio de um trabalho conjunto entre o Japão e a Nova Zelândia. Nela, foi investigado o centro da Via Láctea entre 2006 e 2007 à procura de indícios de até 10 planetas flutuantes. É extremamente difícil identificar esses corpos celestes, e eles são encontrados a uma distância média de 10 a 20 mil anos-luz da Terra.

Os pesquisadores consideram que, possivelmente, existam mais de 20 planetas solitários, com massas similares às de Júpiter e vagando à deriva. Acredita-se que esses planetas sejam tão comuns quanto os que orbitam estrelas. Somente na nossa galáxia, poderá haver centenas de milhões deles.

Quanto às suas origens, é provável que muitos desses planetas órfãos tenham sido expulsos de seus respectivos sistemas solares, provavelmente jovens e turbulentos, por causa de encontros gravitacionais com outros planetas ou até estrelas.


Fonte: Super Curioso
Imagem: Shutterstock