NASA

NASA quer cultivar um dos alimentos mais adorados do mundo em Marte

Por: HISTORY Brasil

Que a gastronomia peruana é uma das mais famosas do mundo não é novidade. O que é, sim, surpreendente é que um dos seus produtos mais emblemáticos vai transcender os limites da Terra já que a NASA pensa na possibilidade de da cultivar a milenar batata em Marte.

[VEJA TAMBÉM: JFK teria sido morto pela CIA por querer revelar informações sobre óvnis] 

 



Com a colaboração do Centro Internacional de la Papa (CIP), a agência espacial se dedica atualmente ao seu cultivo experimental em terrenos parecidos com os do planeta vermelho: os solos vulcânicos do deserto peruano de Pampas de la Joya. 

O Peru não dispõe somente do terreno ideal, mas também de uma variedade extraordinária de batatas, entre elas será escolhida a mais adequada para a viagem interplanetária, ente 4.500 opções. 

Esse tubérculo poderá desempenhar uma função vital na primeira colônia marciana: a de alimentar os astronautas durante os primeiros meses de assentamento, uma vez que suas propriedades nutritivas fazem com que ela seja ideal para um plano de sobrevivência extrema. Mas será que isso é possível? Os pesquisadores temem que as batatas comecem a germinar antes do tempo, já que a viagem levará, pelo menos, nove meses. Por isso, elas terão de ir congeladas.

A pesquisa que simula o cultivo da batata em solo marciano conta com especialistas de diversas áreas e diferentes lugares do mundo, e permitirá que se chegue a conclusões que podem ser aplicadas também em uma Terra em crise por causa do aquecimento global e da desertificação progressiva.

 




Fonte: BBC Mundo
Imagem: Fer Gregoryq/Shutterstock.com