RELIQUIAS

Negócio da China: homem compra por R$ 96 tigela que vale mais de R$ 1 milhão

Por: HISTORY Brasil

Um homem tirou a sorte grande ao comprar uma tigela por cerca de R$ 96 em um bazar de quintal nos Estados Unidos. Na verdade, o objeto é uma valiosa peça chinesa do século XV. O artefato será leiloado em breve e especialistas acreditam que ele possa ser arrematado por algum valor entre U$ 300 mil (R$ 938 mil) e U$ 500 mil (R$ 2,845 milhões).

A tigela de porcelana branca, decorada com motivos florais azuis, tem 16cm de diâmetro. Segundo Angela McAteer, especialista em cerâmica chinesa, as características da peça indicam que ela seja datada do início da Dinastia Ming (1368 - 1644). Apenas outros seis desses objetos existem em todo o mundo (e todos eles pertencem ao acervo de museus).



O comprador da tigela, um colecionador de antiguidades, permanece no anonimato. Ele encontrou a peça em um "saldão caseiro" perto da cidade de New Haven, no Estado de Connecticut. Como o artefato foi parar lá, permanece um mistério (especula-se que o objeto estivesse há gerações com a família que o vendeu em seu quintal). 

Acredita-se que a tigela tenha sido produzida durante o reinado de Yongle (1402 - 1424), o terceiro imperador da Dinastia Ming. O período foi marcado por peças de porcelana elaboradas, criadas com técnicas sofisticadas. "O imperador Yongle realmente promoveu a importância artística da porcelana", disse McAteer.


Fontes: BBC e CNN



Imagem: Sotheby's/Reprodução