meio ambiente

O segundo maior lago da Bolívia se transformou em um deserto

Especialistas acreditam que a situação do Lago Poopó é praticamente irreversível
Por: HISTORY Brasil

Após o lago Titicaca, que divide o Peru e a Bolívia, o Poopó é o segundo maior lago boliviano. Hoje, o espelho d’água deu lugar a um deserto, um fenômeno que os especialistas consideram praticamente irreversível. Mas quais seriam as causas do problema?

Lago Poopó virou deserto

Atualmente, pouco resta do Poopó, que já foi fonte de subsistência para a região de Oruro. Durante muito tempo, moradores da área pescavam no local e utilizavam suas margens para plantar. Mas o lago secou após décadas de desvio de água para atender às necessidades regionais de irrigação. O clima quente e seco também contribui para a provável irreversibilidade da situação.



Estudos indicam que a situação do lago piora a cada ano. Os especialistas afirmam que a região andina supera o aumento de temperatura médio mundial, especialmente durante o dia, gerando maior evaporação.

Os cientistas consideram que o lago Poopó já não é mais funcional, devido à seca ciclicamente frequente, o que inibe a proliferação da fauna e da flora locais. Enquanto isso, as comunidades que tradicionalmente viveram em suas margens estão abandonando o local." Nossas famílias decidiram sair da ilha, já que não podemos sobreviver sem água, já não há vida”, disse Benedicta Uguera, uma moradora da localidade de Untavi.



VER MAIS


Fonte:  El País

Imagens: Lovisa Selander, via Wikimedia Commons e Chiliguanca, via flickr (CC BY-SA)