NAZISMO

Policiais fecham fábrica de artefatos nazistas em Santa Catarina

No local, havia imagens de Hitler, canecas estampadas com a suástica e uma réplica do capacete usado pela SS
Por: HISTORY Brasil

Policiais fecharam uma fábrica de artefatos nazistas em Timbó, no interior de Santa Catarina. No local, foram encontrados itens como imagens de Adolf Hitler, canecas estampadas com a suástica e uma réplica do capacete usado pela SS. O suspeito de ser o responsável pelas peças não foi encontrado pois estaria em Portugal.

Bustos de Hitler

O caso foi descoberto após a polícia receber uma denúncia de que o site de uma empresa de artigos militares estaria comercializando objetos nazistas. Ao investigar a casa do proprietário, os policiais encontraram em seu salão de festas um quadro com a imagem de Hitler. Em um terreno ao lado da residência do homem, havia dois contêineres onde as outras peças decoradas com símbolos nazistas foram descobertas.



Nos contêineres também havia moldes para fabricar bustos de Hitler e esculturas representando uma águia sobre a suástica. De acordo com a polícia, além do material que faz referência ao nazismo, foram encontrados produtos alusivos a movimentos supremacistas brancos dos EUA, como bandeiras dos estados confederados. Munição para armas de fogo também foi apreendida no local. Recentemente, objetos com temática nazista haviam sido encontrados à venda em outra cidade catarinense.

O Ministério Público de Santa Catarina investiga o caso e aguarda a conclusão da Polícia Civil para tomar as medidas cabíveis. Pela lei brasileira, apologia ao nazismo é crime. Nem é necessário haver atos de violência ou incitação direta à violência para que o delito ocorra. O código penal prevê pena de reclusão de dois a cinco anos para quem "fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo".



VER MAIS


Fontes: O Globo, G1 e ND+

Imagens: Polícia Civil/Divulgação