VIKINGS

Ragnarok: encontrado barco de pedra que vikings construíram para afastar o apocalipse

Estrutura servia de palco para rituais de sacrifício há cerca de mil anos
Por: HISTORY Brasil

Na mitologia nórdica, o fim do mundo era representado por um evento conhecido como Ragnarok. Agora, arqueólogos encontraram em uma caverna vulcânica na Islândia os resquícios de uma estrutura de pedra em formato de barco. Os pesquisadores acreditam  que, há cerca de mil anos, seu propósito era abrigar rituais para afastar o apocalipse.

Sacrifícios vikings para evitar o Ragnarok

A caverna fica localizada em um vulcão que entrou em erupção há 1100 anos, época na qual os vikings tinham começado a colonizar a Islândia. Segundo um estudo publicado no  Journal of Archaeological Science, quando a lava esfriou, os antigos nórdicos entraram no local e construíram o barco de pedra. O centro da estrutura, onde foram encontrados ossos de animais, servia como um poço de sacrifícios.



Kevin Smith, diretor e curador do Museu de Antropologia Haffenreffer, da Universidade Brown, nos Estados Unidos, é o autor do estudo. Ele acredita que os sacrifícios feitos no local tinham o propósito de evitar o fim do mundo. Isso porque os vikings associavam a caverna onde o barco de pedra foi encontrado com o gigante Surtr, figura que provocaria o evento apocalíptico ao matar o último dos deuses na batalha do Ragnarok, de acordo com a mitologia nórdica.

O mais surpreendente é que os arqueólogos também encontraram artefatos vindos do Oriente Médio na caverna. Entre eles, estavam contas originárias do Iraque e resquícios de auripigmento, um mineral do leste da Turquia. Esses materiais podem ter vindo das rotas comerciais dos vikings. Por serem raros, também teriam sido oferecidos para acalmar os deuses.



VER MAIS:


Fonte: Live Science

Imagens: Shutterstock.com e Kevin Smith/Universidade Brown