CANADÁ

Restos mortais de 215 crianças indígenas são encontrados em escola no Canadá

Ainda não se sabe como elas morreram, mas há indícios de que foram vítimas de abusos
Por: HISTORY Brasil

Os restos mortais de 215 crianças foram encontrados no terreno de uma antiga escola no Canadá. A instituição, localizada em Kamloops, na Colúmbia Britânica, era especializada na aculturação de alunos indígenas. As ossadas foram descobertas em uma vala comum com a ajuda de radares de penetração no solo.

Abuso na escola indígena

A descoberta foi anunciada por Kukpi7 Rosanne Casimir, chefe da tribo Tk'emlups te Secwepemc. As crianças eram alunas da Escola Residencial Indígena Kamloops, que funcionou entre 1890 e 1978. Ainda não se sabe como elas morreram, mas há indícios de que foram vítimas de abusos que teriam acontecido no sistema de escolas residenciais. 



Segundo Casimir, esses alunos nunca tiveram suas mortes oficialmente registradas e eram considerados desaparecidos. Alguns deles tinham apenas três anos de idade. A tribo está trabalhando com legistas para descobrir as causas das mortes e quando elas aconteceram.

Durante os séculos XIX e XX, o Canadá abrigou uma rede de internatos para a população indígena. Em grande parte administrado pela Igreja Católica, o sistema fazia parte de um esforço colonial para aculturar à força os povos indígenas do Canadá na cultura cristã. As crianças eram retiradas de suas famílias e obrigadas a frequentar internatos, onde não tinham permissão para praticar a cultura tradicional de suas famílias.



“A notícia da descoberta de restos mortais na antiga escola residencial Kamloops partiu meu coração - é uma dolorosa lembrança daquele capítulo sombrio e vergonhoso da história do nosso país", afirmou o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau. Carolyn Bennett, ministra das relações indígenas, disse que as escolas residenciais eram parte de uma política colonial vergonhosa.

VER MAIS


Fontes: BBC e IFLScience

Imagens: Ministério das Relações Indígenas do Canadá e Domínio Público, via Wikimedia Commons