cristóvão colombo

Revelados segredos escondidos no mapa que guiou Colombo à América

Por: HISTORY Brasil

Um mapa do mundo produzido em 1491, que teria sido usado por Cristóvão Colombo, escondeu durante cinco séculos mensagens secretas que o teriam ajudado em sua circum-navegação pelo globo terrestre e na chegada à América. A descoberta foi feita recentemente pelo uso imagens multiespectrais que revelaram detalhes ocultos do mapa, incluindo numerosas descrições latinas de regiões e pessoas.

O antigo mapa foi feito por Henricus Martellus, também conhecido como Heinrich Hammer, um cartógrafo alemão que viveu em Florença de 1480 a 1496. Em seu trabalho, Martellus mostrou a existência de uma passagem para o Oceano Índico pela África, deu detalhes da costa da africana e incluiu o continente que era chamado de Malásia.
Suas fontes de pesquisas foram variadas, entre ela relatos e documentos trazidos por Marco Polo, textos do estudioso grego Cláudio Ptolomeu (do século 2 d.C) e relatos de nativos africanos. No entanto, Martellus errou completamente na localização do Japão, posicionado a 1,6 mil quilômetros da costa asiática. Isso deve ter feito Colombo acreditar que tinha chegado ao território japonês quando, na realidade, havia atingido as Bahamas, chegando à América. O novo continente apareceu em um mapa pela primeira vez em 1507, no trabalho de Martin Waldseemüller, um dos muitos cartógrafos influenciados por Martellus.



O mapa de 1491 está no Beinecke Rare Book & Manuscript Library, nos EUA, e foi analisado por um grupo de especialistas que usaram 12 cores refletivas para revelar o conteúdo escondido e um software de alta tecnologia. De acordo com o professor Roger Easton do Centro de Imagem Científica Chester F. Carlson do Instituto Rochester de Tecnologia, novas descobertas ainda serão feitas, já que até cerca de 80% por cento do texto do mapa foi revelado.

Fontes: Ancient Origins , Phys.org

Imagem via Wikimedia Commons, via Wikimedia Commons.