sodoma

Sodoma e Gomorra existiam como conta o livro de Gênesis?

Por: HISTORY Brasil

Sodoma e Gomorra são, de acordo o livro Gênesis, da Bíblia, duas cidades que foram destruídas pela ira de Deus por conta do excesso de maldade e pecado dos seus habitantes. Fogo e enxofre desceram dos céus, provocando a morte das pessoas e destruição total da área. A região existiu no chamado Vale do Sidim, no Mar Morto, e abrangeria, na época, outras três cidades, Admá, Zebolim e Bela (ou Zoar).

Diante do relato bíblico, arqueólogos e pesquisadores sempre se perguntaram se estas cidades realmente existiram. Alguns defendem que sim, outros acreditam que tudo não passa de uma lenda. O indício mais contundente até o momento foi levantado em 2008, quando um documento chamado Planisfério foi descoberto pelo pesquisador Henry Layard, na metade do século XIX, e analisado recentemente pelos pesquisadores Alan Bond, da empresa Reaction Engines e Mark Hempsell, da Universidade de Bristol. Trata-se de uma placa escrita por um astrônomo sumério, com relatos de 29 de junho de 3123 a.C. no calendário Juliano, que indicam o que poderia ter ocorrido com as cidades.



De acordo com informações traduzidas da placa, há uma observação de um asteroide que teria mais de um 1 quilômetro de dimensão. Segundo Mark Hempsell, este asteroide poderia ter se chocado contra os alpes austríacos, em Köfels. O objeto não teria caído, mas apenas voado muito próximo ao chão. A onda supersônica provocada pelo asteroide e temperaturas próximas a 400°C teriam devastado uma região de 1 milhão de quilômetros quadrados.

A nuvem de fumaça e a explosão do asteroide, de acordo com Hempsell, teria atingido o monte Sinai, partes do oriente médio e o norte do Egito, matando milhares de pessoas. Neste sentido, aí entraria a parte da destruição de bolas de fogo e enxofre que teriam sido ordenadas por Deus que estão presentes no relato bíblico. Apesar de ser uma hipótese, ainda é muito cedo para afirmar ou não se Sodoma ou Gomorra realmente existiram.

Fontes: Terra, Wikiepdia