ALIENÍGENAS

Telescópio que procura vida alienígena é parcialmente destruído de modo misterioso

Um acidente misterioso causou a destruição parcial de um dos maiores telescópios do mundo. O equipamento, que tem entre suas funções a busca por vida alienígena, faz parte do Observatório Arecibo, em Porto Rico. Os danos ao dispositivo fizeram com que suas atividades fossem temporariamente suspensas. 

O acidente aconteceu durante uma madrugada, quando um cabo que ajudava a sustentar uma plataforma de metal acima do telescópio se rompeu. O cabo atingiu a parte do equipamento conhecida como prato, abrindo um buraco de 30 metros em sua superfície. Ainda não se sabe o que causou o rompimento fatídico.

Ao descrever o acidente, Francisco Cordova, diretor do observatório, disse que o cabo se rompeu de forma estranha. “Temos uma equipe de especialistas avaliando a situação”, afirmou. “Nosso foco é garantir a segurança de nossa equipe, protegendo as instalações e equipamentos, e restaurando as instalações para que as operações voltem a ser feitas o mais rápido possível, ajudando cientistas em todo o mundo”, completou.

O telescópio foi inaugurado nos anos 1970 e desempenhou um papel fundamental no projeto SETI (sigla em inglês para "busca por inteligência extraterrestre"). Além de procurar sinais de rádio vindos do espaço, o equipamento também faz parte do programa de Defesa Planetária da NASA. O dispositivo é usado para monitorar asteroides potencialmente perigosos para a Terra. 


Fontes: All That is Interesting, Live Science e University of Central Florida

Imagem: University of Central Florida/Reprodução