BURACOS NEGROS

A Terra está mais próxima do buraco negro no centro Via Láctea do que se pensava

Por: HISTORY Brasil

O Sagittarius A* é um buraco negro supermassivo localizado no centro da Via Láctea. Até recentemente, acreditava-se que ele ficasse a mais de 27 mil anos-luz da Terra. Agora, um novo estudo sugere que essa distância seja menor.

Em 1985, a União Astronômica Internacional constatou que o Sistema Solar se encontrava a 27.700 anos-luz do centro galáctico e do Sagittarius A*. Mas os pesquisadores tiveram que ajustar essa distância após novas medições realizadas com equipamentos de radioastronomia conhecido como VERA. Essa tecnologia japonesa utiliza vários radiotelescópios e combina seus dados para produzir uma resolução equivalente a de um radiotelescópio com uma parabólica de 2.300 quilômetros de diâmetro.



De acordo com a medição feita por meio do VERA, a distância exata do nosso Sistema Solar para o centro da galáxia, onde se localiza o Sagittarius A* é de 25.800 anos-luz. Apesar de esse novo número não implicar nenhum risco para a Terra e parecer pouco importante, trata-se de uma descoberta que modifica a forma pela qual, até o momento, tem-se medido e interpretado a atividade do centro galáctico. Além disso, a descoberta ajusta o mapa da Via Láctea e faz com que se produzam imagens muito mais precisas das complexas interações ao redor do buraco negro supermassivo.

Esse novo estudo demonstra o quão difícil é traçar uma imagem da galáxia em três dimensões que mostre as distâncias entre as estrelas e outros objetos cósmicos. No entanto, graças às melhoras no cálculo dessas distâncias, um campo conhecido como astrometria, os cientistas estão trabalhando para aperfeiçoar os mapas tridimensionais da Via Láctea com uma definição sem precedentes. 





Fonte: Science Alert

Imagens: Shutterstock.com