ÓVNIS

Top 5: as notícias mais lidas de 2020

Com a pandemia de COVID-19 afetando o planeta, o ano de 2020 foi um dos mais atípicos da história. Mas não foi só a doença que estampou as manchetes. Assuntos como óvnis, bases soviéticas e fenômenos solares também chamaram a atenção. Confira abaixo as cinco notícias mais lidas do HISTORY: 

1 - CIA libera dez arquivos confidenciais sobre óvnis durante a quarentena


Shutterstock.com

Durante a quarentena para combater o coronavírus, a Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) compilou em seu site dez documentos sobre aparições de óvnis entre 1949 e 1953. Trata-se de uma série de arquivos confidenciais originalmente liberados para consulta no fim da década de 1970. "A verdade está lá fora, e é sua hora de encontrá-la", diz a publicação, fazendo referência ao famoso bordão do seriado de TV "Arquivo X".

2 - Novo ciclo solar deve começar em breve: saiba como isso pode afetar a Terra


Shutterstock.com

Os astrônomos tentam há anos entender as transições entre os ciclos solares, períodos de 11 anos que o Sol leva para inverter a polaridade de seu campo magnético. De acordo com os cientistas, um novo ciclo desses começou em 2020. No fim do ano, ele já dava seus primeiros sinais.

3 - Descoberta base soviética abandonada, com milhares de tanques e aeronaves

 


A fotógrafa russa Lana Sator conseguiu se infiltrar em um dos lugares mais secretos de seu país e capturar imagens nunca antes vistas. Ela localizou uma antiga base militar soviética na qual se encontram mais de mil tanques, aviões e helicópteros, todos abandonados e enferrujados.

4 - Autoridades negam queda de óvni em Pau Grande, no Rio de Janeiro


Twitter/Reprodução

Na noite de 12 de maio, começaram a circular nas redes sociais vídeos de um suposto objeto voador não identificado que teria aparecido em Magé, no Rio de Janeiro. Alguns relatos afirmavam que o óvni caiu na localidade de Pau Grande, distrito do município. Autoridades negam que tenha havido o registro de qualquer incidente parecido na região. 

5 - A trágica história do "homem mais inteligente de todos os tempos"

William James Sidis, que já foi chamado de "o humano mais inteligente de todos os tempos", nasceu em Nova York, dois anos antes do início do século XX. O QI (quociente de inteligência) de um humano mediano é de 90 a 110 pontos. O de um adulto superdotado (6% da população) é de 111 a 120 pontos. De acordo com sua família, Sidis tinha um QI de 300. No entanto, uma de suas frases mais reconhecidas diz que a inteligência é um dom que traz terríveis consequências: “Quero viver uma vida perfeita […]. E a única maneira de conseguir isso é por meio do isolamento, da solidão. Eu sempre odiei as multidões”.


Imagem: Shutterstock.com