Alexandre o grande

Tumba da mãe de Alexandre, o Grande pode ter sido identificada na Grécia

Local onde ela Olímpia foi sepultada estaria localizado no sítio arqueológico de Pidna
Por: HISTORY Brasil

A tumba perdida de Olímpia, mãe de Alexandre, o Grande, pode ter sido identificada na Grécia. Ao menos é o que afirma Athanasios Bintas, professor emérito de estudos gregos na Universidade de Niš, na Sérvia. O local onde ela foi sepultada estaria localizado no sítio arqueológico de Pidna.

Tumba de Olímpia

Segundo o pesquisador, Olímpia foi sepultada na tumba de Korinos, descoberta originalmente em 1850. Feita de pedra, a estrutura tem 22 metros de comprimento e contém várias câmaras. Pela sua arquitetura, os arqueólogos acreditam que ela tenha sido construída entre o fim do século IV a.C e início do século III a.C.



Olímpia foi morta em 316 a.C., após ter sido perseguida por Cassandro, que tentava ocupar o lugar de Alexandre, o Grande, morto em 223 a.C. De acordo com fontes históricas tradicionais, Cassandro teria se recusado a permitir que Olímpia fosse sepultada. Mas Bintas discorda dessa teoria.



"Uma rainha morta não oferecia mais riscos para Cassandro", acredita Bintas. “O tamanho da Tumba de Korinos reforça a visão de que seu ocupante era uma figura extremamente importante", afirmou o pesquisador ao defender sua teoria. Enquanto isso, especialistas mais céticos não estão convencidos dessa tese.  Robin Lane Fox, do departamento de estudos clássicos da Universidade de Oxford, afirmou que não existem evidências de que Olímpia tenha sido sepultada na tumba de Korinos.

VER MAIS


Fontes: Live Science e Greek City Times

Imagens: Wikimedia Commons e Domínio Público