ASTEROIDES

Um objeto artificial é encontrado entre amostras do asteroide Ryugu

Por: HISTORY Brasil

A agência espacial japonesa (JAXA) comunicou a descoberta de um objeto artificial entre os vestígios do asteroide Ryugu, que foram obtidos por meio da missão Hayabusa 2, após uma viagem de 300 milhões de quilômetros. O material foi identificado dentro de um dos contêineres da segunda operação da missão, lançada em julho de 2019.

Por meio de sua conta no Twitter, a JAXA informou que ainda não foi confirmada a origem do objeto localizado. Segundo os especialistas, foi utilizado um projétil explosivo durante a coleta da amostra, e por isso é possível que o objeto artificial na verdade seja alumínio que se desprendeu durante o processo.



A missão Hayabusa partiu para o espaço em 2014, atingindo a órbita do asteroide Ryugu em 2018. A partir daí, a sonda passou a coletar amostras, utilizando até mesmo projéteis para abrir crateras no objeto e recuperar rochas bem preservadas. Em dezembro de 2020, uma cápsula contendo amostras voltou para a Terra.



Normalmente, rochas espaciais como essas são coletadas depois de entrarem na atmosfera da Terra em velocidades altíssimas. As amostras de Ryugu são as primeiras que podem ser estudadas sem terem sido danificadas durante a entrada, o que ajudará a obter uma melhor compreensão desses objetos celestes. As informações poderão esclarecer os processos de formação de planetas e sistemas solares.


Fonte:  Mashable 

Imagem: Shutterstock.com