JOSEF STALIN

Vala comum com ossadas de milhares de vítimas de Stálin é encontrada na Ucrânia

Pesquisadores acreditam que entre cinco mil e oito mil pessoas tenham sido enterradas no local
Por: HISTORY Brasil

Uma vala comum contendo as ossadas de milhares de vítimas do regime soviético de Josef Stálin foi encontrada na Ucrânia. Os pesquisadores acreditam que entre cinco mil e oito mil pessoas tenham sido enterradas em 29 sepulturas coletivas na cidade de Odessa. As execuções aconteceram no final da década de 1930.

Repressão de Stálin

A descoberta foi feita durante as obras de expansão de um aeroporto. Segundo Sergiy Gutsalyuk, chefe da filial regional do Instituto Nacional de Memória da Ucrânia, as vítimas provavelmente foram mortas pela unidade da polícia secreta soviética de Stálin. Ele disse ainda que não será possível identificá-las nem descobrir do que foram acusadas, pois esses registros secretos são mantidos na Rússia.



O historiador Aleksander Babich acredita que mais ossadas devem ser encontradas no local, pois as escavações ainda estão em andamento. Estima-se que centenas de milhares de pessoas foram mortas durante a onda de repressão de Stálin contra os ucranianos. Apenas em Odessa, cerca de 8.600 foram sentenciadas à morte pela polícia secreta soviética entre 1938 e 1941. 

Além de executar opositores, Stálin também é apontado como o responsável pelo Holodomor (ou "Grande Fome Ucraniana").  Estima-se que entre 1,8 milhão e 12 milhões de pessoas tenham morrido na Ucrânia entre 1932 e 1933 devido ao bloqueio de alimentos imposto à região pelo ditador da URSS. 



VER MAIS


Fonte: BBC

Imagens: Wikimedia Commons e Aleksander Babich/Reprodução