A BÍBLIA

A verdade sobre as pragas do Egito

Por: HISTORY Brasil

O filme Êxodo: Deuses e Reis, dirigido por Ridley Scott, coloca em primeiro plano novamente um dos fatos mais importantes da cultura ocidental: o Êxodo do Antigo Testamento. As pragas, que segundo os textos bíblicos foram o modo utilizado por Jeová para deixar o Egito marchar em direção ao povo hebreu, até então submetido à escravidão, tem sido motivo de estudo para a ciência, que, atualmente tenta encontrar veracidade nos fenômenos narrados na Bíblia e encontrar suas causas.

A água se transforma em sangue



Esse fenômeno, considerado o primeiro castigo divino sobre o Egito, pode ter relação com a poeira do Saara. A substância vermelha, proveniente do deserto, pode ser transportada através do ar, se misturar à agua encontrada nas nuvens e cair finalmente em forma de chuva; ou então se ligar com o ferro encontrado no fundo do Nilo: ao emergir, esta substância acobreada teria tingido as águas de vermelho e causado a morte de dezenas de peixes por falta de oxigênio.

O vulcão do desastre

Por volta do ano 1550 a.C., houve uma terrível explosão vulcânica que arrasou a Civilização Minoica e provocou grandes catástrofes nos territórios do Mar Mediterrâneo. A explosão causou uma enorme coluna de fumaça e cinzas que afetaram as regiões localizadas a centenas de quilômetros, como é o caso do Egito.



Rãs, piolhos, moscas e a morte do gado

A intoxicação das águas causou as “pragas” seguintes: girinos e rãs saíram do Nilo, gerando uma invasão de anfíbios. A falta de higiene reinante na população (que não poderia se banhar no rio) provocou o aparecimento massivo de piolhos. A invasão de moscas e insetos é lógica também em uma região na qual morreram muitos animais devido à toxicidade das águas. A morte do gado dos egípcios, por sua vez, teria sido por causa das doenças trazidas pelos insetos.

Pústulas e úlceras na pele

Também foram devidas às nuvens de poeira causadas pela erupção do vulcão Thera. Granizo, fogo e trevas: sobre o Egito teriam caído cristais vulcânicos produzidos após a erupção. Uma nuvem torrencial de cinzas provocada pelo Thera provocou uma escuridão na região (causando, assim, a nona praga, a das trevas).

A praga dos gafanhotos 

Embora esse tipo de inseto atue de forma individual, há épocas em que tendem a se unir a grupos gigantes. Esses enxames costumam viajar a lugares com muitas chuvas e ventos fortes, portanto, é lógico que isso tenha acontecido após a tempestade de granizo.

A morte dos primogênitos

Acredita-se que, naqueles anos, um fungo perigoso envenenou as lavouras de grãos. Como os primogênitos tinham o privilégio de comer primeiro, é possível que tenham sido intoxicados em maior medida, morrendo em massa.

Fonte e imagens: Hoy Cinema20minutosEgiptología, Diarioadn e protestantedigital