Início

Homem que morreu duas vezes conta como foi estar morto

Jovem alega ter sofrido duas mortes clínicas em 2015

Um homem de 22 anos que diz ter morrido duas vezes foi questionado sobre a experiência de quase ir para o outro lado. Ao escrever na rede Reddit, o jovem identificado como r00tdude fez uma entrevista online chamada AMA - Ask me Anything (Me pergunte qualquer coisa). Nesse tipo de evento - que já contou com Barack Obama e Bill Gates - a pessoa pode compartilhar uma história de vida única desde que ofereça algum tipo de prova. 

Vida após a morte

O jovem alega ter sofrido duas mortes clínicas em 2015. A primeira foi depois de um acidente de moto. A segunda aconteceu por causa de uma superdosagem de analgésicos após uma cirurgia. De acordo com ele, a sensação de morte, é algo muito mais vazio do que pensamos, como um "cochilo sem sonhos".

"Eu não tinha ideia, era apenas o vazio negro. Sem pensamentos, sem consciência, nada. Era apenas um "não existe". Só preto. Eu descreveria como tirar um cochilo. Você acorda e sente como se tivesse dormido muito tempo, quando, na realidade, só se passaram 15 minutos. Se os médicos não tivessem dito nada, eu diria que apenas tirei uma soneca sem sonhos." De acordo com os médicos, ele disse que foi informado que teria "morrido por alguns minutos".

Homem que morreu duas vezes conta como foi estar morto - 1


"Depois dessas duas experiências, será que esse cara ainda teme a morte?", perguntou usuário no AMA. "Definitivamente, temo menos. Sei que a morte não é nada pior do que dormir. Quando você morrer, você acabou de deixar de existir, não há nada para se preocupar. "

E a vida após e morte? E o céu? E a esperança de que possa haver algo além? Diante desta pergunta, o rapaz é direto: "A morte é a morte. Uma vez morto, é isso, é o fim."

"Então, se ele já sabe o que é a morte, será que pode nos dizer o vai fazer antes de morrer de novo?", pergunta outro usuário. "Tudo o que eu quero fazer na vida é me divertir e melhorar a vida das outras pessoas o máximo que eu puder. Nenhuma realização pessoal importará para mim quando eu estiver morto, a única coisa que viverá depois da minha morte será o meu impacto sobre quem estiver vivo. E espero que o meu impacto seja positivo!", afirmou.

VER MAIS:


Fontes: Unilad, Reddit, Huffington Post

Imagens: hutterstock.com