Início

"A maior fake news da história": quando muitos acreditaram que a Lua era habitada

Em 1835, um jornal noticiou que um cientista havia descoberto criaturas inteligentes vivendo em solo lunar
Por History Channel Brasil em 04 de Janeiro de 2022 às 16:34
"A maior fake news da história": quando muitos acreditaram que a Lua era habitada-0

Em março de 1835, uma estranha notícia se difundiu por todos os Estados Unidos, ultrapassando barreiras até chegar a todos os rincões do continente, e até cruzou oceanos, chegando à Europa e outras regiões do planeta. Durante seis dias, o jornal de Nova York The Sun informou "a descoberta mais importante da história humana". Com um poderoso telescópio, John Herschel, matemático e astrônomo inglês, teria descoberto vida inteligente na Lua.

Castor bípede

O hoje extinto jornal era na época de grande prestígio, como o The New York Times ou o New York Herald Tribune, e assim a notícia não tardou muito em chamar a atenção da população. De acordo com a publicação, Herschel havia desenvolvido o maior telescópio e o mais preciso jamais construído, que permitia avistar insetos na Lua a partir da África do Sul. Em seguida, Herschel teria visualizado flores e árvores de diversas espécies, muitos grupos de animais, semelhantes a bisões, e criaturas anfíbias com formato esférico movendo-se sobre as rochas lunares.

Montagem com imagem de John Herschel, sobre uma das ilustrações que foi publicada na imprensa da época
Montagem com imagem de John Herschel, sobre uma das ilustrações que foi publicada na imprensa da época

As "reportagens" traziam diversos detalhes a respeito da suposta descoberta. “Uma flor vermelho-escura de formato hexagonal, sendo esta a primeira produção orgânica da natureza em um mundo estranho no qual os olhos do homem nunca se fixaram [...] O teste de vegetação mostra que a Lua tem uma atmosfera formada à nossa maneira, capaz de sustentar a vida orgânica e, consequentemente, também a vida animal”, dizia um dos textos.

O cientista teria usado "lupas de hidrogênio" para identificar diversas espécies de seres vivos lunares. Entre eles, estavam animais fantásticos, como o urso com chifres e o castor bípede, que vivia em cavernas e dominava o fogo: “Eles levam as crianças nos braços como qualquer ser humano, e suas moradias são mais bem construídas e mais altas que as de muitas tribos de humanos selvagem”, afirmou o The Sun. 

Depois de aumentar seu número de assinantes, o jornal admitiu discretamente que tratava-se de uma mentira. Herschel não teria tido nada a ver com a história inventada pelo jornal e inclusive chegou a brincar a respeito, dizendo que seu próximo artigo seria muito entediante para os leitores, que estavam tão entusiasmados com a falsa notícia. 

Fontes
ABC
Imagens
iStock e Domínio Público, via Wikimedia Commons