Início

Misterioso corpo mumificado usando gravata é encontrado em vulcão da Itália

Em seus bolsos, foram encontradas moedas de lira, unidade monetária usada no país no passado
Por History Channel Brasil em 12 de Novembro de 2021 às 18:27
Misterioso corpo mumificado usando gravata é encontrado em vulcão da Itália-0

Um mistério intriga a polícia da Itália: a descoberta do corpo mumificado de um homem bem vestido no Monte Etna, vulcão situado na Sicília. O cadáver foi encontrado em uma gruta usando relógio, gravata e uma camisa de listras finas. Em seus bolsos, foram encontradas moedas antigas de lira, unidade monetária usada no país antes da adoção do euro. 

O que aconteceu com o Homem do Etna?

As moedas e o estilo das roupas indicam que o homem morreu no local há pelo menos 40 anos. Além da camisa e gravata, ele usava calças compridas escuras, um suéter de lã, uma jaqueta verde impermeável, uma capa, botas de montanha número 41 e um gorro com pompom.  Os policiais dizem que aparentemente ele estava vestido para ir trabalhar, mas ao mesmo tempo estava preparado para subir o monte e levou roupas apropriadas para isso.

Pertences do Homem do Etna
Pertences do Homem do Etna

Com o homem também foi encontrado um exemplar do periódico Giornale de Sicilia datado de 1978. A gruta de lava onde ele morreu é de difícil acesso, o que sugere que não conseguiu sair depois de entrar. Agora os policiais querem saber se ele entrou lá por conta própria ou se foi forçado a isso. No corpo, não foram encontrados indícios de violência. 

A descoberta levanta uma série de dúvidas: quem era o homem? O que ele fazia lá? Como morreu? Os investigadores consultaram o arquivo de pessoas desaparecidas e não encontraram nada com as características do cadáver, que corresponde a um homem de aproximadamente 50 anos, cerca de 1,70 metro e malformações congênitas no nariz e na boca. Agora, a polícia espera encontrar alguém que consiga identificá-lo para solucionar o mistério.

Fontes
El País
Imagens
iStock e Guardia di Finanza/Reprodução