Início

Piloto que filmou óvni entregou evidências secretas do avistamento a senadores dos EUA

Incidente conhecido como “Gimbal” foi registrado na Flórida por uma aeronave da Aviação Naval
Por History Channel Brasil em 11 de Abril de 2022 às 20:34 HS
Piloto que filmou óvni entregou evidências secretas do avistamento a senadores dos EUA-0

Em 2015, um piloto da Aviação Naval dos Estados Unidos registrou em vídeo um enigmático encontro com um objeto voador não identificado em um incidente conhecido  como “Gimbal”. Agora, foi revelado que o militar apresentou evidências desse avistamento em uma audiência com senadores dos EUA. Detalhes desse relato foram revelados pelo site The Black Vault.

Na audiência, que aconteceu em 2019, o piloto relatou como foi o incidente, registrado em uma região costeira próxima a Jacksonville, na Flórida. O militar explicou que, inicialmente, achou que o objeto voador fizesse parte de um treinamento de rotina de um inimigo, e, por isso, apontou o sistema de rastreamento de sua aeronave para ele. O relato divulgado pelo The Black Vault contém trechos que permanecem sob sigilo.

“No final de um dos voos noturnos (censurado) que estava realizando durante o período no mar, ele e seu piloto detectaram uma via de contato aéreo (censurado) que vinha do leste e se dirigia até o barco. Inicialmente pensando que poderia ser um avião de assessoramento simulado e parte do cenário COMPTUEX, ele realizou um bloqueio (censurado) para poder investigar mais a fundo”,  diz um trecho do relatório.

“O contato foi aproximadamente (censurado) com um arquivo de rastreamento estável, o avião rebocador determinou que não foi um “golpe falso” e eles puderam obter um bloqueio por meio do (censurado) que indicou também que o veículo tinha um (censurado). Ficou claro por meio de (censurado) que o piloto manobrou o (censurado) para manter (censurado)”, detalham os documentos.

Vídeos liberados oficialmente

Os documentos revelados, que possuem informações ainda secretas e por isso aparecem com numerosas censuras, permitem contextualizar os registros em vídeo obtidos por pilotos da Marinha dos Estados Unidos e liberados oficialmente há três anos pelo Departamento de DefesaOs vídeos, dois deles filmados em 2015 e um em 2004, receberam os nomes “FLIR1”, “Gimbal” e “GoFast”.

Os registros foram obtidos originalmente pela To The Stars Academy of Arts & Sciences (organização fundada por Tom Delonge, ex-membro da banda Blink-182) e publicados pelo New York Times entre 2017 e 2018.  Confira abaixo as imagens dos outros avistamentos:

Fontes
Daily Mail
Imagens
Departamento de Defesa dos EUA/To The Stars Academy of Arts & Sciences