Início

Inscrição de 3 mil anos com nome de herói bíblico é encontrada em Israel

A peça está gravada com o nome "Jerub-Baal", como também era chamado Gideão

Durante escavações em Israel, arqueólogos encontraram uma inscrição contendo o nome de um importante herói bíblico. Os pesquisadores acreditam que o artefato tenha cerca de 3.100 anos. A peça está gravada com o nome "Jerub-Baal", que seria um juiz citado no Livro dos Juízes.

Nome alternativo de Gideão

“Jerub-Baal é conhecido pela tradição bíblica do Livro dos Juízes como um nome alternativo para o juiz Gideão ben Yoash”, disseram os arqueólogos Yosef Garfinkel e Sa'ar Ganor, da Universidade Hebraica de Jerusalém. É a primeira vez que o nome é encontrado fora da Bíblia. A peça encontrada no sítio arqueológico de Khirbat er-Ra‘i é possivelmente um fragmento de um jarro de cerâmica.

Inscrição de 3 mil anos com nome de herói bíblico é encontrada em Israel - 1

Segundo a Bíblia, Gideão foi o juiz que libertou os filhos de Israel dos midianitas (povos nômades árabes dos desertos da Síria e da Arábia). O Antigo Testamento conta que um anjo ordenou-lhe que derrubasse o altar de Baal e erguesse ali um altar dedicado a Deus. Gideão reuniu uma pequena força com apenas 300 homens e surpreendeu os midianitas sob a escuridão da noite, derrotando os inimigos. 

Inscrição de 3 mil anos com nome de herói bíblico é encontrada em Israel - 2

Considerado um herói militar, o povo de Israel quis fazer dele um rei, mas, surpreendentemente, Gideão recusou tal oferta. Ele foi o quinto juiz de Israel, segundo a Bíblia. Os pesquisadores enfatizaram que não é possível ter certeza de que a inscrição se refere ao Jerub-Baal mencionado na Bíblia. Mas, mesmo que isso não se confirme, o artefato ajuda a entender um importante período citado no Antigo Testamento.

VER MAIS


Fonte: The Jerusalem Post

Imagens: Dafna Gazit/Autoridade de Antiguidades de Israel e Musée du Petit Palais, via Wikimedia Commons