Início

Por que uma escada da Igreja do Santo Sepulcro não é movida há 3 séculos?

Feita de madeira, ela se encontra no mesmo lugar desde 1723 e foi mudou de lugar apenas em quatro ocasiões
Por History Channel Brasil em 31 de Março de 2021 às 12:05
Por que uma escada da Igreja do Santo Sepulcro não é movida há 3 séculos?-0

Em uma das janelas da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, Israel, pode-se ver uma escada de madeira que está apoiada na mesma posição há 300 anos. Conhecida como “a escada imóvel”, ela foi esquecida ali por um operário em 1723, durante uma das reformas no templo. Nenhum dos seis grupos cristãos que tem direitos sobre o templo ousa movê-la.

Por que é proibido mover a escada do Santo Sepulcro?

Construída no local onde Jesus teria ressuscitado após ter sido sepultado, a Igreja do Santo Sepulcro é um dos locais mais sagrados para o cristianismo. O templo é destino de peregrinos desde o século IV. Mas, ao mesmo tempo, a igreja é alvo de disputa: seis diferentes denominações cristãs são responsáveis por sua manutenção.

Por que uma escada da Igreja do Santo Sepulcro não é movida há 3 séculos? - 1

Por isso, diferentes partes do edifício pertencem a grupos religiosos distintos. A questão da escada data do século XVIII, quando se decretou que, para realizar qualquer mudança no templo, todos os grupos religiosos teriam que estar de acordo. Assim, um conflito religioso poderia ser desencadeado caso um membro de alguma dessas congregações mexa na escada.

A escada só foi movida quatro vezes no último século. Em 1981, alguém tentou roubá-la, mas ela foi recuperada. Em 1997, uma pessoa a escondeu durante várias semanas, até que foi encontrada e devolvida a seu lugar. Em 2002, um monge moveu a escada para protegê-la do sol, sendo por isso expulso da igreja. Já em 2009, alguns operários a moveram para consertar o campanário.

Por que uma escada da Igreja do Santo Sepulcro não é movida há 3 séculos? - 2

Em 1964, o Papa Paulo VI emitiu um comunicado sobre "a escada imóvel", decretando que ninguém poderia movê-la até que as divisões dos grupos religiosos que disputavam o templo fossem resolvidas.

VER MAIS:


Fontes: Clarín e Atlas Obscura

Imagens: Rex Hammock/ CC BY 2.0, via FlickrJorge Láscar/ CC BY 2.0, via Wikimedia Commons e Domínio Público/Reprodução