Início

A espantosa história do piloto que sobreviveu 36 dias na Amazônia após uma pane aérea

Antônio Sena ficou mais de um mês perdido na floresta amazônica até ser resgatado
Por History Channel Brasil em 19 de Março de 2021 às 18:48
A espantosa história do piloto que sobreviveu 36 dias na Amazônia após uma pane aérea-0

O piloto de avião Antônio Sena passou por uma experiência impressionante após um pouso de emergência na Amazônia. Ele conseguiu sobreviver 36 dias no meio da floresta até ser resgatado de uma área de difícil acesso.

No dia 28 de janeiro, após decolar do município de Alenquer, ele começou a suspeitar que a aeronave apresentava falha técnica e pousou com urgência no meio da selva. Depois de fazer um pouso bem-sucedido, Sena conseguiu pegar uma mochila, pedaços de pão e outros pertences do avião, antes que ele pegasse fogo. A partir desse momento, ele enfrentou solidão e abandono por cinco semanas, até que um grupo de catadores de castanhas informou às autoridades sobre sua descoberta.

A espantosa história do piloto que sobreviveu 36 dias na Amazônia após uma pane aérea - 1

Sobrevivência na Amazônia após acidente de avião

Sena contou que logo após o pouso de emergência ele passou uma semana ao lado dos destroços de seu avião. Percebendo que os socorristas não conseguiam encontrar seu paradeiro, decidiu mudar de estratégia e arriscou cruzar a floresta em busca de ajuda. Nos dias seguintes, ele percorreu diversos quilômetros a pé, enquanto se alimentava de frutas e ovos de pássaros.

 

A espantosa história do piloto que sobreviveu 36 dias na Amazônia após uma pane aérea - 2

Ao ouvir um barulho de motosserra, ele localizou os catadores de castanhas. O piloto conta que quase morreu afogado ao atravessar um igarapé para alcançá-los. Apesar de ter perdido peso na tentativa de sobrevivência, o piloto se recuperou completamente pós ser tratado de desidratação e alguns ferimentos leves. Segundo Sena, a única coisa que o manteve forte e lhe permitiu sair com vida da situação foi o amor que sente pela família.

VER MAIS:


Fonte: G1

Imagens: Shutterstock.com, Arquivo Pessoal/Divulgação e Agência Pará/Divulgação