Início

Arqueólogos encontram palácio onde o imperador asteca Montezuma foi morto

Por History Channel Brasil em 23 de Julho de 2020 às 21:32
Arqueólogos encontram palácio onde o imperador asteca Montezuma foi morto -0

Uma equipe mexicana de arqueólogos encontrou as ruínas de um palácio pré-hispânico no local conhecido como Casas Velhas de Axayácatl. De acordo com a Secretaria de Cultura do México, trata-se do local onde o imperador asteca Montezuma foi morto, em 1520. Além disso, os pesquisadores também encontraram restos de uma casa que o conquistador Hernán Cortés mandou construir posteriormente no mesmo lugar.

As ruínas foram encontradas no subsolo de um prédio histórico onde funciona a Nacional Monte de Piedad, uma instituição sem fins lucrativos. O edifício fica no centro histórico da Cidade do México, próximo à Catedral Metropolitana.  A descoberta aconteceu enquanto eram realizadas obras para reforçar as estruturas que dão suporte ao primeiro andar da construção.

A Secretaria de Cultura do México  informou que o Programa de Arqueologia Urbana conseguiu identificar os vestígios de um piso de lajes de basalto, correspondentes às ruínas de um palácio pré-hispânico e também da casa habitada pelo conquistador espanhol Hernán Cortés. O edifício funcionou posteriormente como o primeiro Cabildo da Nova Espanha (espécie de centro administrativo colonial) e do Marquesado do Vale de Oaxaca. Os arqueólogos também descobriram que as esculturas do antigo palácio foram reutilizadas como blocos para construir a casa de Cortés. Uma delas mostra uma serpente emplumada que parece representar Quetzalcóatl,  deus que foi adorado por milênios na região antes da conquista espanhola. 

Arqueólogos encontram palácio onde o imperador asteca Montezuma foi morto  - 1

Segundo registros históricos, Hernan Cortés ganhou a confiança de Montezuma e em seguida o tomou como refém. Cortés manteve o imperador preso no palácio na tentativa de governar através dele, fazendo de Montezuma um mero testa de ferro. O povo rapidamente se rebelou e sitiou os espanhóis no palácio. Os espanhóis tentaram reprimir a rebelião fazendo com que Montezuma se dirigisse aos rebeldes de uma varanda do palácio, mas os rebeldes se recusaram a parar o cerco e o imperador foi morto no fogo cruzado.

Não se sabe se o imperador foi morto por espanhóis ou pelos próprios astecas, que o consideravam um traidor por ter colaborado com Cortés. Montezuma ajudou os espanhóis pois acreditava que eles tivessem sido enviados pelo deus Quetzalcoatl, cumprindo uma antiga profecia.

Arqueólogos encontram palácio onde o imperador asteca Montezuma foi morto  - 2


Fontes: Live ScienceInstituto Nacional de Antropología e Historia (INAH)

Imagens: Shutterstock.com e INAH