Início

Cientistas criam partículas biônicas inspirados no "comportamento" do Exterminador do Futuro

Inspirados em ciborgues fictícios, como o Exterminador do Futuro, cientistas norte-americanos das universidades de Michigan e Pittsburgh afirmam que conseguiram criar um novo tipo de partículas biônicas autorreplicantes, mesclando semicondutores inorgânicos com proteínas orgânicas. Segundo eles, a intenção não era criar um exército de robôs para escravizar a humanidade, mas sim descobrir um novo biocombustível. A nova partícula biônica possui um tamanho microscópico, porém é capaz de crescer até alcançar as dimensões de um verdadeiro Exterminador do Futuro, por ser composta de telureto de cádmio – um componente essencial na fabricação de painéis solares – e citocromo c - proteína vegetal que transporta os elétrons durante o processo de fotossíntese. Basicamente, a mescla desses elementos permite recriar o processo pelo qual as plantas conseguem converter a luz em energia. Com a escolha cuidadosa do tamanho e da composição das enzimas que configuram uma partícula biônica, os cientistas podem fazer com que ela se autorreplique, o que pode um dia configurar uma geração de robôs que cresce e se reproduz sem intervenção externa.  

Veja também
   
Fonte: The Guardian