Início

Sempre ela! A fruta do pecado original, de Newton e Steve Jobs

Por History Channel Brasil em 28 de Fevereiro de 2016 às 00:08 HS
Sempre ela! A fruta do pecado original, de Newton e Steve Jobs-0

A maçã foi símbolo do pecado original, de testes de ciência, assunto de fábulas e ícone de inovação tecnológica.

Curiosamente, uma mesma fruta foi protagonista de vários momentos da história da humanidade. Seguem abaixo as histórias de algumas das maçãs mais famosas:
 
Adão e Eva: tudo era perfeito. Eles conviviam com Deus, imortais, e o sofrimento era algo absolutamente desconhecido. Tudo estava à disposição deles, exceto uma única coisa: o fruto proibido – que para muitos era um figo, mas para a maioria uma maçã – causou a eles, e também a todos os seus filhos, o exílio, o sofrimento e a morte.

Branca de Neve: o conto clássico, escrito pelos Irmãos Grimm e imortalizado por Walt Disney, coloca novamente a maçã no centro da narrativa. Dessa vez, como um elemento de transição – ou ligação da história – entre a personagem principal, Branca de Neve, e sua opositora, a madrasta.

Newton: de acordo com a lenda, uma das grandes leis da ciência, a Lei da Gravidade, nasceu do puro acaso, quando uma maçã caiu da árvore e atingiu em cheio a cabeça de Isaac Newton, que meditava, na sombra, em um caloroso dia de verão.

Robin Hood: certamente, na simbologia dessa história clássica, nada se destaca mais que uma simples maçã, colocada cuidadosamente sobre a cabeça de um amigo fiel de Robin, a qual o herói, arqueiro exímio, com os olhos vendados, divide ao meio com uma flechada.

Os Beatles: a banda de rock mais famosa de todos os tempos foi visionária ao escolher a maçã como o ícone de seu selo discográfico. Muitos anos depois, já com sua extinção, um relançamento da discografia da banda foi colocado em um pendrive em forma de maçã.

Magritte: “O Filho do Homem”, do genial René Magritte, é uma pintura sobre óleo de 1964, considerada uma das obras mais importantes do surrealismo e cujo elemento principal é exatamente uma maçã, posta na frente do rosto de um homem que está virado para quem observa o quadro.

Steve Jobs: a famosa maçã mordida, logo e símbolo da empresa Apple, sofreu muitas transformações desde seu design original, embora nunca tenha abandonado uma estética minimalista, reflexo de uma ideia simples e poderosa, que foi capaz de mudar a história dos computadores.

Fonte: culturizando.com 

Imagem: Fedorov Oleksiv/Shutterstock