Hoje na história

02.out.1932

Fim da Revolução Constitucionalista em São Paulo

No dia 2 de outubro de 1932 acontecia o último confronto da Revolução Constitucionalista, em São Paulo. O movimento, que teve início no dia 9 de julho de 1932 e também ficou conhecido como Revolução de 32 ou Guerra Paulista, teve como objetivo derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas e elaborar uma nova constituição para o Brasil. O saldo após a rendição dos paulistas, no dia 4 de outubro de 1932, foi a morte de 934 pessoas, de acordo com os números oficiais. Contudo, estima-se que até 2200 tenham morrido. Por conta dessa revolução, o dia 9 de julho é feriado no estado de São Paulo.

O movimento foi uma reação paulista à Revolução de 1930, que pôs fim à autonomia dos estados, impediu a posse Júlio Prestes como presidente e colocou fim à “República Velha”, conhecida pela política café com leite, na qual Minas Gerais e São Paulo se alternavam no poder. A Revolução de 32 também teve os seus heróis, no caso, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, conhecidos pela sigla “MMDC”, e que tiveram seus nomes inscritos no Livro dos Heróis da Pátria.

 


Imagem: Domínio Público, Wikimedia Commons